Telefone: (11) 3181-7670 [email protected]

Em um mercado competitivo e desafiador, sempre escutamos fórmulas mágicas de como obter sucesso na carreira. Muitos indicam cursos, atitudes e metodologias milagrosas para que os profissionais consigam se destacar e conseguir boas oportunidades. Mas você já parou para pensar que, na verdade, o que pode te diferenciar de tantos outros profissionais é você mesmo (a)? É por isso que os profissionais de RH afirmam que o autoconhecimento é uma ferramenta poderosa para atingir o sucesso – especialmente em situações de recolocação profissional!

Saiba mais sobre este assunto!

O autoconhecimento pessoal e profissional permite que as pessoas tenham consciência das suas metas, repense suas atitudes, trace objetivos e propósitos, conheça seus pontos fortes e fracos, desenvolva novas habilidades, entre outros benefícios.

Com isso, o profissional consegue fortalecer o que há de bom no seu comportamento e trabalhar os pontos fracos – tornando-se uma potência no mercado de trabalho.

Existe uma metodologia muito conhecida na área da psicologia, RH e desenvolvimento organizacional chamada DISC. Surgiu por volta dos anos 20 e indica que todas as pessoas podem alcançar o sucesso profissional e pessoal em algum momento da vida.

Para isso, é preciso se autoconhecer e se colocar em oportunidades que incluem tarefas que se adequam ao seu perfil comportamental. Para a recolocação profissional, essa é uma análise importante, muito utilizada pelas consultorias de RH.

O autoconhecimento é uma peça chave não apenas para conseguir novas oportunidades, mas também para se manter feliz e produtivo no seu trabalho.

Empresas começam a utilizar o método DISC e outras formas de avaliação até mesmo para melhorar o desempenho dos trabalhadores.

A seguir, entenda um pouco mais sobre o que queremos dizer com autoconhecimento e sobre a metodologia DISC, que pode ser um divisor de águas em sua carreira. Acompanhe!

Papel do autoconhecimento na recolocação profissional

Autoconhecimento pessoal e profissional é um termo um pouco vago ainda na mente das pessoas. O que isso realmente significa? Mais do que entender os próprios sentimentos, desejos, metas e objetivos, esse termo refere-se à compreensão do comportamento e atitude de cada indivíduo de maneira que o ajude a identificar suas características comportamentais, boas e ruins.

E com isso reconhecer o que há de bom e o que pode ser melhorado, o que contribui para a tomada de decisões e facilita na escolha de quais caminhos percorrer (como por exemplo, no que diz respeito à escolha de cursos, especializações e pós graduações).

Ou seja, tomar decisões que te farão bem e certamente devem proporcionar maior bem-estar. É uma ferramenta que pode garantir sucesso profissional e sua felicidade no trabalho. 

O profissional que se conhece, sabe suas potencialidades e pontos fracos, pode usar suas características positivas para: conseguir novas oportunidades, abrir portas e conseguir o cargo desejado, por exemplo.

Já o conhecimento dos pontos negativos permite que o profissional trabalhe essas questões para que sejam melhoradas e desenvolvidas para auxiliar sua carreira, ou até mesmo evitando cargos e atividades que sejam baseados e dependam de ações que demandam características do seu ponto fraco.

Os benefícios disso são percebidos no dia a dia por meio de decisões mais seguras, melhores diálogos, aumento da produtividade, entre outros. O autodesenvolvimento pessoal, então, interfere diretamente na carreira de uma pessoa, pois alguém que não se conhece não estará numa escala de evolução esperada pelas empresas.

O sucesso profissional está vinculado ao alinhamento entre as próprias escolhas e o conhecimento que se tem de si – lembre-se disso. 

A questão é: como se auto conhecer? Existem diversas formas, dentre elas, as análises comportamentais, como a metodologia DISC.

Ferramenta para recolocação profissional: o que é o método DISC? 

O DISC é uma metodologia usada para fazer a avaliação comportamental das pessoas a fim de identificar os perfis dominantes de um indivíduo. Ela entende que existem quatro perfis de comportamentos que predominam entre as pessoas : dominância, influência, estabilidade e conformidade.

O perfil dominante, por exemplo, é aquela pessoa que gosta de ser desafiada, é competitiva e tem controle sobre as metas. Conhecido como o “executor”, esse indivíduo é objetivo, direto e está sempre se esforçando para se desenvolver na área.

O perfil influente é aquele que costuma ser otimista, confiante e que tem influência sobre outros membros da equipe. É persuasivo e convincente. 

Esses são perfis profissionais traçados com base no comportamento dos colaboradores, que podem inclusive ser utilizados de forma calculada para montar uma equipe. Já ouviu dizer que aquela determinada pessoa era o que faltava para o time ficar completo?

E você? Qual profissional você é? 

Muitos não sabem identificar o próprio perfil e conseguir essa informação é importante para de fato destacar os pontos fortes nos processos seletivos, no currículo, durante entrevistas, ou em qualquer outro momento com a empresa. Além disso, também é necessário entender os pontos mais fracos para conseguir aperfeiçoá-los. 

Com base nessas informações, conhecendo seu perfil, também entenderá qual é a melhor área para você atuar, se a empresa e você têm sinergia no que diz respeito à competência comportamental, qual oportunidade faz mais sentido com seu perfil, dentre outras decisões importantes que são responsáveis por mudar o rumo da sua carreira.

A metodologia indica, principalmente, que o profissional é mais feliz, produtivo e eficiente na área que melhor se encaixa com o seu perfil. Isso impacta o bem-estar dos colaboradores no emprego e também sua produtividade. 

Ou seja, concluímos que é fundamental se conhecer para ter mais sucesso e ser mais feliz com seu trabalho

Conheça a HIS Consulting 

A HIS Consulting oferece mentorias de desenvolvimento profissional para pessoas físicas que buscam apoio para recolocação profissional e orientação para redirecionamento da carreira.

Podemos te ajudar com o seu autoconhecimento (por meio da aplicação do mapeamento comportamental teste DISC). Sendo assim, identificaremos informações importantes sobre o seu perfil e trabalharemos tendo as mesmas como base para que você se destaque no mercado de trabalho e consiga novas oportunidades.

Entre em contato!